Você esta em

Notícias

TOXINA BOTULÍNICA: VITÓRIA DA ODONTOLOGIA

A Justiça Federal de Brasília (DF) entendeu por ilegítima a ação movida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e Associação Médica Brasileira (AMB) contra o Conselho Federal de Odontologia (CFO), considerando que as instituições mencionadas não têm finalidade institucional de defesa dos interesses coletivos buscada no processo em favor dos médicos.

O processo (12537-52.2017.4.01) solicitou a interrupção de atividades estéticas do cirurgião-dentista, relacionada à aplicação de toxina botulínica e preenchedores faciais.

“A representação da odontologia se manterá atenta e disposta a intervir em defesa da classe e da sociedade”, manifestou o presidente do CRO/RS, Nelson Freitas Eguia.

Confira a decisão na íntegra.

Compartilhe!

Receba nossa Newsletter cadastre-se.